BLOG DA INTERAÇÃO
24Ago

Como escolher logotipo? Confira 5 dicas fundamentais!

Está pensando em se tornar um empreendedor? Mais do que somente conhecer o mercado de atuação, também é fundamental entender quais estímulos aproximam a marca do consumidor. Um deles, por exemplo, é o logotipo. Trata-se de um desenho onde a empresa expressa alguma característica que considera importante nessa relação ou que faça sentido com o produto disponibilizado. O aspecto visual conta muito para a identificação! Está querendo saber como escolher logotipo para o seu negócio? Prossiga a leitura deste artigo! Ao final, entenda como podemos auxiliar no seu registro de marca para que fique tudo certo.

Saiba como escolher logotipo para atrair clientes!

1- Estimule uma mensagem

Como foi dito anteriormente, o logotipo não é apenas um desenho. Ele consiste em uma representação visual que contém uma mensagem que a empresa deseja passar. Devido a isso, não basta optar pelo mais “bonitinho” ou por aquele que parece ser mais agradável aos seus olhos como gestor. A leitura completa dele precisa demonstrar uma história contada com início, meio e fim. Afinal, depois de um tempo ele será o menor item de representação da sua marca.

Sendo assim, estipular uma mensagem coerente com a empresa é a primeira dica de como escolher logotipo.

2- Pense nas cores

Outro aspecto muito importante são as cores que compõem o logotipo. Lembre-se que cada uma delas pode representar um significado. Por isso, o recomendado é que antes de estipular uma cor para o logotipo seja feito um estudo completo.

Após ter completa noção do conceito que cada cor carrega, fica mais fácil optar por aquelas que tenham sentido semelhante ao que a empresa deseja passar.

O disco cromático apresenta cores:

  • primárias;
  • secundárias;
  • terciárias;
  • complementares;
  • análogas;
  • em formato tríade;
  • semi-complementares;
  • tetraédricas;
  • em formato quadrado.

3- Tipografia adequada

Tipografia é um dos itens que participam do processo de como escolher logotipo. Esta, assim como as cores, tratadas anteriormente, são capazes de agregar sentidos diferentes.

Acredita-se que as fontes serifadas, aquelas que possuem prolongamento na parte final das letras, agreguem sofisticação devido ao design mais tradicional. De outra forma, as fontes sem serifa são vistas como favoráveis a um design menos pretensioso, com mais liberdade.

4- Expresse uma representação única

Dentro do processo de representação, uma análise geral precisa ser feita. Veja bem, se você é dono de uma startup seu objetivo será conversar com o público jovem. Em função dessa característica, a mensagem do seu logotipo poderá ser mais descontraída. Agora, condição semelhante não se aplica se você pretende abrir um escritório de contabilidade ou de apoio jurídico familiar.

À vista disso, é preciso manter o bom senso quanto ao tipo e quantidade de informações que participam da produção do logo. Contudo, mantenha em mente que o objetivo principal não deve ser igual ao já expressado por outras companhias.

5- Não se deixe levar pelo que “está na moda”

Por último dentre as dicas de como escolher logotipo, evitar uma seleção guiada por aquilo que “está em alta” como tendência de moda é uma recomendação.

Pense, seu logotipo não será feito apenas para um determinado tempo, ele estará presente como correspondente da sua empresa por um longo período. Em virtude disso, o uso de cores e fontes convencionais diminui a necessidade de um projeto de redesign.

Faça o registro de marca no INPI!

Gostou do artigo sobre como escolher logotipo? O registro de marca no INPI contribui para deixá-la ativa em todo território brasileiro. Ele funciona como uma defesa para sua marca!

Entre em contato com a Interação Marcas e Patentes para entender mais sobre esse e outros serviços que disponibilizamos como proteção para tudo o que diz respeito à sua marca.

Veja mais artigos como este em nosso blog. Encontre:

 

 

 

Posts Recentes Tags
Registre sua marca!
Nome da Marca
Nome
Telefone

*Em breve você receberá a pesquisa de sua marca.