BLOG DA INTERAÇÃO
04Jan

Marca tridimensional: entenda o que significa e o registro!

As propriedades de empresas, sejam elas imagens, criações tecnológicas ou nomes, possuem uma grande importância para suas identidades.

O Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) é responsável pelo registro, e garante que nenhum item seja plagiado por outras empresas.

Dentre as diversas modalidades de registro, podemos citar a marca tridimensional, sendo extremamente importante para comércio de produtos. Afinal, atribuir identidade a uma organização é uma grande vantagem para seu marketing.

Por que não inovar também no formato de embalagens e produtos, não é mesmo? O registro de marca tridimensional possui este papel, fundamental para garantir a segurança dessas inovações. Quer saber mais? Acompanhe!

O que é uma marca?

A marca se relaciona com o conjunto de elementos visuais que compõe a identidade de uma empresa diante dos consumidores.

Quando o registro é feito pelo INPI, a empresa garante que nome e representação estejam protegidas de cópias ou usurpadas por terceiros.

Vale ressaltar que a criação de uma identidade autêntica e criativa faz toda a diferença na relação com o consumidor. Além de destacar o negócio, ela pode fixá-lo na memória dos clientes, melhorando a popularidade da empresa.

Por isso muitas empresas fazem o registro e garantem que a marca esteja continuamente protegida.

Confira também: Diferença entre marca e patente: Entenda!

O que é uma marca tridimensional?

A marca tridimensional é uma representação física, geralmente de uma embalagem, que pode ser registrada por uma empresa.

Isso ocorre porque nem sempre a logomarca é a única envolvida na representação dos produtos. Em alguns casos, as empresas fabricam elementos próprios, com formas únicas que podem também ser registrados pelo INPI.

Por outro lado, o mesmo não serve para formas comumente utilizadas pelas empresas. A exemplo, caixas de bombom popularmente retangulares não podem ser registradas pelas empresas, pois são de uso comum.

O mesmo serve para garrafas pet, pacotes cilíndricos de biscoitos ou mesmo aqueles formatos de potes azeitonas em vidro que conhecemos.

Também não é possível registrar formatos de embalagens não-estáticas, ou seja, que podem mudar de forma com o tempo. Este é o caso das pastas de dentes, que apresentam mudanças com o uso do produto.

Para registrar a marca tridimensional, o importante é que o formato 3D do produto seja único e estático, como os exemplos que veremos a seguir.

Exemplos de marca tridimensional

Tanto os produtos quanto as embalagens podem ser registradas como marcas tridimensionais, desde cumpram os requisitos que mencionamos.

Algumas empresas conhecidas que já fazem uso desses itens podem ser mencionadas no que diz respeito à uma marca tridimensional:

1. Unilever

O formato de sabonete possui uma representação da Dove, alterando completamente seu aspecto visual. Outras marcas não podem repetir esse formato, pois trata-se de uma representação tridimensional da empresa.

Dove Sabonete Marca

2. Mc Donald’s

A embalagem do Mc lanche feliz também serve como um exemplo de marca tridimensional. Nesse caso, a empresa recorreu ao seu próprio design para desenvolver um formato anatômico de alça para os lanches oferecidos.

Marca Tridimensional Mc Donalds

3. Marcas de perfumes

Também é comum que os vidros de perfume possuam formatos muito distintos entre si. Em alguns cenários, desde que não se trate de uma forma geométrica simples, a marca pode registrar seu frasco e impedir replicações dos concorrentes.

Perfume Embalagem Tridimensional

4. Coca-cola

O caso mais básico de registro tridimensional é o da coca-cola, que existe há muito tempo. Embora seja uma garrafa de vidro, a empresa investiu em uma silhueta única, que pode ser reconhecida mesmo sem rótulo pelos consumidores.

Coca Cola Tridimensional

Importância do Registro de Marca Tridimensional

A Lei da Propriedade Industrial permite o registro de diversas marcas, com o intuito de oferecer às empresas a posse das características únicas de sua marca.

No caso do registro de marca tridimensional, o processo é fundamental para evitar que uma criação específica da marca seja adotada por todo mercado.

Isso também favorece a diversidade de formas dos produtos, já que podem se destacar uns dos outros por esses aspectos visuais.

Vale lembrar também que a marca tridimensional só é válida quando o formato não apresenta nenhuma utilidade industrial para o produto.

Caso a representação melhore processos logísticos ou de conservação, por exemplo, o processo passa a fazer sentido como patente. O registro tridimensional apenas possui caráter estético para o destaque do produto.

Quais os tipos de registro de marca?

Conforme as necessidades da indústria, o INPI possui diferentes modalidades de marcas para registro, para diferentes representações da empresa. São elas:

  • Marca nominativa — que se trata somente da representação escrita do nome da empresa;
  • Marca figurativa — com símbolos que representem a organização;
  • Marca mista — com aspectos nominativos e figurativos unificados;
  • Marca tridimensional — para representações 3D e formas de produtos.

Como o processo de registro demanda comprovações e documentos que representem a marca, é fundamental estar ciente do tipo de representação que irá registrar.

No caso da marca tridimensional, é fundamental apresentar o produto ou embalagem a ser registrado. Isso garante que ele possa ser autêntico e aprovado no momento do registro.

Registro da marca no INPI

Independentemente do tipo de marca a ser registrada, é fundamental averiguar em uma consulta de marca se o elemento já é existente pelo INPI.

Isso porque caso você tente registrar uma marca que já pertence à empresa, pode acabar por perder tempo no processo.

Vale lembrar também que a aprovação da marca é um processo extremamente lento e burocrático. Sendo assim, quanto antes feita a solicitação, maior a segurança da criação feita pela empresa.

Consulte uma marca agora mesmo!

Conclusão

A marca tridimensional nada mais é do que o formato único atribuído a um produto por determinada empresa. Com ela, é possível ganhar mais espaço e popularidade no mercado, além de se destacar da concorrência visualmente.

Tendo desenvolvido essa marca, é fundamental registrá-la no INPI para que não ocorram usos indevidos ou cópias que tirem o destaque da empresa.

Aqui em Interação Marcas e Patentes você encontra profissionais que podem acompanhar o processo de registro e facilitar a propriedade intelectual da empresa. Comece hoje mesmo!

Você pode se interessar também por: Como registrar um nome

Posts Recentes Tags
Registre sua marca!

    Nome da Marca
    Nome
    Telefone

    *Em breve você receberá a pesquisa de sua marca.