BLOG DA INTERAÇÃO
24Jul

Você sabe a diferença entre razão social, nome fantasia e marca?

De acordo com a pesquisa publicada pela GEM (Global Entrepreneurship Monitor), a Taxa de Empreendedorismo Total, TTE, no Brasil atingiu 38%. Isso significa que cerca de 52 milhões de brasileiros possuem um negócio próprio. Esta informação nos leva até a importância de entender a diferença entre razão social, nome fantasia e marca ao iniciar um projeto empreendedor. Neste artigo falaremos sobre isso! Boa leitura!

Qual a diferença entre razão social, nome fantasia e marca?

Razão social, nome fantasia e marca são elementos que fazem parte da identidade da empresa. Por isso, é comum que leigos tenham a tendência de não identificá-los corretamente. Abaixo, separamos para que a diferença entre razão social, nome fantasia e marca fique clara e você possa dar início ao projeto empreendedor sem medo.

O que é razão social?

Para explicar a diferença entre razão social, nome fantasia e marca vamos partir do primeiro conceito da nossa lista. A razão social consiste no “nome completo’’ da pessoa jurídica. Em função disso, todas as empresas precisam tê-la registrada na Junta Comercial Estadual.

A mesma razão social do seu empreendimento pode ser encontrada em outro Estado por conta da Junta Comercial registrá-la apenas no âmbito Estadual.

Em geral, possuem abreviações que mencionam objeto da sociedade. Veja algumas:

  • LTDA;
  • EPP;
  • MEI;
  • S.A.

A razão social é passível de ser encontrada em:
– contratos;
– documentos oficiais;
– notas fiscais, sejam elas emitidas ou recebidas;
– escrituras.

O que é nome fantasia?

O nome fantasia se diferencia da razão social por ser a forma como a empresa é vulgarmente reconhecida. Ou seja, trata-se do nome comercial da companhia. Por consequência, também pode ser abordado como “nome de fachada” ou “marca empresarial”.

Entenda melhor no exemplo: A razão social da Coca-cola é “Coca-cola Indústrias Ltda”. No entanto, falamos apenas “Coca-cola” quando um atendente ou garçom nos pergunta qual refrigerante vamos querer para acompanhar o almoço. Sendo assim, o nome fantasia cumpre com a função de facilitar a memorização do item.

Contudo, embora o nome fantasia seja registrado na Junta Comercial do seu Estado isso não garante que o uso exclusivo da marca seja feito por você ou seu negócio. Esta questão nos leva até o último tópico da diferença entre razão social, nome fantasia e marca. Veja na sequência.

Afinal, o que é marca?

Segundo a lei, a marca diz respeito à propriedade industrial da sua empresa. Em oposição aos conceitos anteriores abordados, esta não está ligada diretamente ao nome da companhia. O registro deve ser feito junto ao INPI, Instituto Nacional da Propriedade Industrial, órgão responsável por resguardá-la.

Depois de registrada, a marca passa a ter símbolos ou marcações agregados, a exemplo dos logos, o que facilita a identificação pelo público.

Além disso, algo importante de ser dito é que o registro de marca tem prevalência em todo território nacional. Então, a partir do momento em que sua marca é registrada ela se torna única no país.

Gostou de ter conhecido a diferença entre razão social, nome fantasia e marca? Entre em contato com a Interação Marcas e Patentes para tirar dúvidas ou solicitar um orçamento de nossos serviços. Somos um escritório de direitos autorais em SP e podemos ajudá-lo com uma pesquisa de marcas e patentes. Estamos prontos para te atender!

Continue lendo mais sobre temas relacionados a este em nosso blog. Encontre:

Links úteis: escritório de propriedade intelectual; escritório de direitos autorais; empresa de marcas e patentes SP.

Posts Recentes Tags
Registre sua marca!

    Nome da Marca
    Nome
    Telefone

    *Em breve você receberá a pesquisa de sua marca.